Opções de terceira peça para você ficar quentinha neste inverno

10 de julho, por Mariana Rodrigues

Uma das minhas maiores características é ser calorenta. Sinto muito calor e suo muito, então sou super fresca com os tecidos das peças que compro, e também evito mangas ao máximo, já que vivo no Rio de Janeiro. Aqui faz no máximo 5 dias de frio mesmo – aquele geladão, que faz a gente querer comer fondue e dormir de meias – e mais um ou outro dia mais fresco, daqueles em que a maquiagem não derrete e vale um casaquinho por cima.

Quando chega o inverno fico ansiosa para aproveitar e usar terceiras peças como se não houvesse amanhã, haha. Na verdade, como eu oscilo entre o basiquinho e a extravaganza, minhas terceiras peças são bem variadas e eu tenho opções para qualquer tipo de programa.

Elegi algumas peças que têm sido presente na estação para compartilhar. A maioria delas foi comprada há algum tempo, mas, como são básicas, com certeza dá pra achar em outras lojas com uma nova roupagem.

Colete Jeans

Para aqueles dias em que o frio dá uma trégua e você quer usar um vestido mais abertinho sem receber vento nas costas, o colete é ideal. Eu tenho um jeans que combina bem com tudo, mas ele pode ser também de crochê, couro, ou qualquer outro tipo de tecido ou material. Esse eu comprei na Leader e é tamanho regular (tá até ficando pequeno, mas sou muito apegada, haha), mas você pode encontrar coletes na Alley Blue, na Posthaus ou na Flaminga.

Suéter 

Confesso que a minha preferência é sempre pelos modelos de casacos que eu possa abrir e fechar, mas andava louca por uma peça “peludinha”. Minha avó me comprou um bege, mas achei que cinza casaria melhor com as roupas que tenho no meu armário e troquei. Esse é da C&A, que tá abarrotada de casacos com essas penugens, tem em várias cores diferentes, inclusive. Meu tamanho dele é G, se você for maior que eu o GG provavelmente vai caber. Ele é super quentinho! Você pode achar suéteres grandes na Ashua, na Marisa, e na Posthaus.

Jaqueta jeans

A peça mais curinga e salvadora do meu guarda-roupas! Uso no verão pra ir ao cinema com ar condicionado tinindo, uso no outono, no inverno e na primavera! Combina com todas as cores e estampas, com short ou vestido. Jaqueta jeans é daquelas peças necessárias no guarda-roupas de quem curte moda, seja qual for o estilo. A minha é uma GG da linha regular da Renner, mas a Posthaus tem uma maravilhosa (e você pode escolher se quer clara ou escura), e a Chica Bolacha tá lançando uma jeans oversized mara!

Pele falsa

Como eu disse no post em que falei sobre as tendências dos anos 2000 que voltaram com tudo, as falsas peles (em 2000 muita gente ainda tolerava as verdadeiras, hoje é considerado cafonérrimo) estão bombando! Eu tava louca por esse casaco da We Love Ateliê há um tempão, desejei tanto que ganhei de presente no dia dos namorados. Gente, ele é super quentinho por dentro, sem contar que dá vontade de ir até na padaria com ele, só pelo close mesmo, haha. Você consegue comprar casaco de pelúcia também na Oh!Querida e na CanCan Store.

Bom, meios de nos mantermos quentinhas e estilosas nesse inverno não faltam, né? E vocês, qual peça estão usando para se aquecerem na estação mais fria do ano?

Gostaram do post? Me sigam também nas redes sociais!

Instagram | Facebook | Pinterest

0
Nenhum comentário

O(s) estilo(s) de Rebel Wilson

5 de janeiro, por Mariana Rodrigues

Se tem uma celebridade gorda com quem me identifico no estilo, é a Rebel Wilson. Além de divertida e engraçada, Rebel não tem, digamos um estilo definido, o que faz com que ela esteja sempre nos surpreendendo quando aparece nos red carpets da vida ou vai a algum programa de TV. Seja em versão esportiva ou de gala, a atriz consegue chamar atenção e usar peças que deixam o corpo dela ainda mais lindo!

Separei algumas fotos da Rebel em diferentes ocasiões e estilos para que a gente possa se inspirar para o dia a dia ou para aquela noite que exige uma produção mais… fina, digamos assim.

Casual

Rebel Wilson parece ter um armário cápsula, e é um ótimo exemplo para quem quer frear o consumo, gastando menos com roupas, mas mantendo um estilo bacana. Pelas fotos que encontrei na internet, parece que a saia lápis preta é a peça coringa, que combinada com t-shirts divertidas vira um look pá-pum. A atriz também aposta nas peças lisas e vai fazendo combinações infinitas.

 

 

Gala

Pela busca que eu fiz, é bem nítido que Rebel não curte vestido longo. Mesmo nos tapetes vermelhos, a atriz aposta em vestidos com o comprimento abaixo do joelho, e todo eles com uma marcação – forte ou sutil – na área da cintura. Eu sou adepta dos modelinhos evasês, mas o pretinho com capa tá um escândalo!

Esportiva

Tem que ser confortável, mas não pode ser trivial! Rebel já se mostrou fã dos conjuntos de calça + abrigo esportivos, e, para se destacar no meio da galera que leva esse estilo, ela usa acessórios nada discretos, como um tênis de pelúcia, óculos espelhados (amei???) e um cordão com seu nome em pedrinhas cravejadas.

 

Você também se identificou com pelo menos um look da Rebel nesse post? Não deixe de me seguir nas redes sociais do blog, tá? —> Instagram – FacebookPinterest

0
Nenhum comentário

Como ser mais honesta com você mesma em 2017

1 de janeiro, por Mariana Rodrigues

2017 chegou!

Para não fazer metas a longo prazo e depois acabar se sentindo frustrada, que tal pensar em pequenas mudanças que só dependem de você? Algumas podem trazer grandes transformações na sua vida, bora tentar?

Procure (e ache!) um hobby que te dê prazer e te mantenha longe de eletrônicos

Só não faz o Gominho, mana!

Pode ser nadar, cozinhar, fazer palavras cruzadas, costurar… As pessoas mais felizes que eu conheço desenvolveram hobbies. Passar um tempo longe dos eletrônicos fazendo algo prazeroso ajuda na sua concentração, memoria, e, de quebra você pode trabalhar alguma parte sua que considera “menos desenvolvida”, como vocabulário ou coordenação motora. Uma conhecida minha começou a andar em perna de pau no ano passado, dá pra ver a felicidade nela quando tá praticando!

Pare de seguir quem você não curte nas redes sociais

Eu tô dando essa dica, mas é a que eu mais preciso colocar em prática. Qual é o motivo para acompanhar alguém que você nem curte tanto, mas fala muita besteira e te faz passar nervoso? Volta e meia eu tô revirando os olhos porque fulano postou algo sobre a “ditadura feminazi”, ou tem aquele colega de faculdade “sommelier de tragédia”. Se por alguma convenção social você precisa estar atrelada nas redes a pessoas malas sem alça, que tal simplesmente parar de segui-las? Fingir que elas não existem no Facebook é bem mais fácil que a gente imagina.

Busque um equilíbrio entre “comer” e “se nutrir”

Tente substituir o refrigerante por sucos ou chás naturais, além de beber bastante água

Esse item não tem nada a ver com emagrecimento, primeiramente. Tem a ver com respeitar e cuidar do seu corpo, tendo uma alimentação equilibrada. Eu costumo ter muito cuidado ao desprezar qualquer tipo de comida, mas estamos adoecendo por conta da quantidade de alimentos nocivos (principalmente o açúcar branco!!!) que estamos colocando pra dentro. As mudanças podem não vir no corpo, mas com certeza virão na disposição e no humor! Que tal testar aquela fruta, folha ou legume que você não curte muito em uma receita diferente da que você já conhece?

Respeite os seus limites

Marcou de sair com seus amigos mas na hora bateu a bad? Contanto que não seja algo recorrente, tudo bem desmarcar. Não se trata de egoísmo, mas é bom ouvir os próprios desejos de vez em quando e saber até onde você tá se sacrificando em nome de situações que, muitas vezes não fazem a menor diferença.

TAGS

0
Nenhum comentário